C10: O ambiente e informática

No início da semana passada, o mundo assistiu a mais uma cerimónia dos Óscares, galardão norte-americano que premeia os filmes que estreiam ao longo do ano. O filme que recebeu o Óscar para melhor documentário, e que foi dos mais falados em 2006, foi Uma verdade inconveniente, do ex-vice-presidente norte-americano Al-Gore, onde se demonstrou, com base em estudos científicos, o que irá acontecer ao nosso planeta em termos ambientais.

Os avanços tecnológicos das últimas décadas têm contribuído de uma forma impressionante para a melhoria das condições de vida da grande maioria das pessoas.

Em contrapartida, o nosso planeta tem sofrido imensos danos ambientais, climáticos e ecológicos, porque o homem não tem sabido e não tem querido promover o equilíbrio entre o ambiente e os avanços naturais da sociedade. Pouco a pouco, o ambiente começa a mostrar o seu estado de espírito e só agora os líderes mundiais começam a dar passos tímidos no sentido de inverter muitos dos erros já cometidos.

Independentemente das decisões politicas de maior dimensão e relevância, podemos todos contribuir, diariamente, para vivermos num planeta melhor.

Uns dos principais causadores da poluição são os equipamentos eléctricos e electrónicos devido à utilização intensiva de compostos químicos extremamente poluentes em todos os processos de fabrico e por não serem produtos biodegradáveis ou de fácil reciclagem. Hoje a situação é muito diferente da que se vivia há anos atrás, mas continuam a existir problemas, especialmente na reciclagem e reutilização dos equipamentos ou materiais usados.

E nesse aspecto todos podemos ajudar um pouco mais!

Em primeiro lugar, é possível entregar todo o tipo de equipamentos eléctricos e electrónicos velhos em locais próprios para serem enviados para a reciclagem. Quem vive em Arruda dos Vinhos, por exemplo, pode ligar para a Câmara Municipal e solicitar a recolha desses equipamentos em casa ou então colocar nos contentores próprios junto ao pavilhão Multiusos. Nunca os deite nos contentores de lixo!

Os tinteiros e tonners das impressoras devem ser entregues nas lojas ou casas de informática. Sempre que possível, utilize tinteiros e tonners reciclados. Em Arruda já é possível comprar esse tipo de consumiveis com qualidade e assistência garantida, caso provoquem algum problema à impressora.

Deite sempre as pilhas usadas no pilhão. Para quem não saiba, as pilhas são dos materiais mais poluentes. Uma simples pilha é capaz de poluir milhares de litros de água.

Sempre que imprimir documentos ou textos não oficiais ou relevantes utilize o frente e o verso das folhas. Se experimentar imprimir as folhas na frente e no verso vai ficar surpreendido com a quantidade de papel que poupa. Nunca se esqueça de colocar as folhas usadas no papelão.

Desligue todos os equipamentos eléctricos e electrónicos quando não estiverem a ser usados. Uma luzinha vermelha acessa é sinal que o equipamento não está desligado. Calcula-se que gastamos mais 20% de energia eléctrica por não desligarmos devidamente todos os equipamentos.

Compre lâmpadas de baixo consumo. As lâmpadas são mais caras do que as normais, mas a médio prazo compensa largamente.

Estes são alguns exemplos práticos sobre o que podemos fazer para não poluir tanto o meio ambiente e para poupar na utilização da energia electrica.

O tema da poluição e das energias alternativas deve preocupar-nos a todos, já que da sua resolução e evolução depende o futuro de todos os nós e do meio ambiente que nos rodeia. Sempre que possível recicle, reutilize e reduza a utilização de consumiveis informáticos ou de outra natureza e diminua os seus gastos energéticos.