C03: Compras na internet

Este natal as vendas através da Internet subiram em flecha, quer em Portugal quer no estrangeiro, seguindo a tendência dos últimos anos.

Vários factores têm contribuído para esse incremento:
– Maior confiança dos consumidores no comércio electrónico;
– Aumento do número de sites que disponibilizam a venda de produtos e serviços através da Internet;
– E por outro lado, já existe um número muito significativo de clientes habituais para este serviço.

As compras através da Internet têm inúmeras vantagens:
– O nosso leque de escolha de produtos e serviços aumenta à escala global, uma vez que não existem fronteiras;
– Podemos encontrar produtos que não existem na nossa área de residência ou até em Portugal;
– E podemos comparar preços com um maior número de mercados e empresas

Também existem desvantagens:
– Quando o produto se estraga ou se avaria o processo de reclamação é muito complicado e moroso, em especial se as compras foram feitas em sites estrangeiros;
– Não existe contacto físico entre quem compra e quem vende;
– E não vemos o produto, criando uma maior desconfiança e incerteza.

Em Portugal, os processos mais frequentes para pagamento das compras efectuadas são o sistema português MBNET e o cartão de crédito.

O MBNET é um sistema simples e totalmente seguro. Para activá-lo basta ir ao multibanco, instalar um pequeno programa no pc, aceder ao site que pretende e depois pagar no Multibanco a compra que efectuou, com os códigos fornecidos no site.

O cartão de crédito é o sistema mais difundido a nível mundial. Este método está mais sujeito a fraudes. Cientes disso, as empresas emissoras dos cartões já criaram mecanismos de devolução de dinheiro para situações de comprovada fraude, mas devemo-nos certificar sempre que vamos comprar os nossos produtos ou serviços a uma empresa credível e que o nosso dinheiro não vai parar a um buraco sem fundo. Devemos, também, ter sempre em conta que a divulgação dos dados do nosso cartão a desconhecidos poderá trazer-nos graves consequências.

A compra de produtos através da Internet tem normalmente alguns custos associados que, não sendo contabilizados, poderão tornar a compra contraproducente. Esses custos são o transporte e as taxas alfandegárias (para compras efectuadas fora da União Europeia). As cotações das moedas e as suas flutuações também devem ser tidas em conta, assim como o preço final do custo da transacção.

Pela minha experiência, comprar através da Internet traz grandes vantagens. Já comprei bilhetes para espectáculos culturais sem ter que me deslocar até Lisboa e comprei livros e modelos de equipamentos electrónicos que, na altura, ainda não existiam em Portugal. Nas compras de produtos provenientes de outros países, certifiquei-me sempre junto do serviço de apoio aos clientes como teria de proceder, caso o equipamento tivesse uma avaria. As respostas pouco satisfatórias fizeram-me procurar os produtos noutros sites.

Se deseja experimentar, mas continua apreensivo, comece por comprar bens que não tenham um custo elevado, como bilhetes para espectáculos, livros ou discos. À medida que ganhar confiança e uma maior experiência, poderá comprar outro tipo de produtos e serviços. Vai ver que se vai surpreender com a diversidade de escolhas existentes à escala mundial, tudo à distância de meia dúzia de clicks.