C01: Cuidados a ter na aquisição de equipamentos informáticos

Bom dia a todos,

Em primeiro lugar, queria saudar todos os ouvintes e esperar que este novo espaço radiofónico sobre informática, Internet e novas tecnologias possa ser útil a todos os que nos oiçam.

O primeiro programa é dedicado aos cuidados a ter na compra de material informático.

Nem sempre é fácil escolher o equipamento a comprar. A multiplicidade de escolhas existente é enorme. Se pertence à galeria do comum dos mortais e não precisa de fazer do seu pc uma máquina especial, qualquer computador disponível, fixo ou portátil, apresenta as características necessárias para aceder à maioria do software existente, para navegar pela Internet, ouvir musica ou gravar um cd.

Quem procura um pc ou portátil para funções profissionais mais exigentes, ou específicas, deve olhar com um maior cuidado para as características técnicas do equipamento para conseguir a performance necessária.

Apesar dos preços de hoje serem muito atractivos, e a qualidade e durabilidade do material serem elevados, convém ter algumas precauções antes de comprar o quer que seja para evitar dores de cabeça futuras. Especialmente se por azar algum componente avaria durante o período da garantia. Como em quase tudo que se compra, na altura da aquisição são só facilidades por parte dos vendedores, mas nem sempre o mesmo acontece quando algum problema posterior ocorre.

As preocupações normais no período pré-compra variam consoante o tipo de equipamento, uma vez que existem detalhes específicos para cada um deles.

No programa de hoje vamos centrar-nos nos computadores de secretária, portáteis, e nas impressoras.

Nos últimos anos as vendas de computadores portáteis subiram em flecha. Vários factores contribuíram para esse facto: Os preços desceram de uma forma significativa, as características técnicas aproximaram-se em muito dos computadores de secretária e, mais recentemente, aumentou-se a mobilidade com o incremento das redes sem fios.

Apesar destas evoluções, continuam a existir 2 problemas. É caro fazer actualizações ao hardware do portátil (aumentar a memória RAM, por exemplo) e em caso de avaria não é a loja onde se comprou o portátil que resolve o problema técnico.

Se para o primeiro problema não há muito a fazer a não ser perguntar pelo preço das actualizações do hardware, e por isso fazer bem as contas. Em relação ao segundo aspecto actualmente são as próprias empresas fabricantes que oferecem excelentes soluções de apoio aos clientes. Algumas delas que passam pelo arranjo do computador portátil em pouco tempo. Este suporte varia muito de marca para marca, por isso certifique-se sempre sobre o apoio pós-venda.

Nos computadores de secretária as preocupações a ter em conta são de outra natureza.

Uma tem a ver com o local de compra.

É verdade que há grandes lojas de distribuição que oferecem preços verdadeiramente competitivos e tentadores. Mas normalmente a assistência técnica que prestam em caso de avaria é por si só um grande problema. Muitas vezes estes espaços apenas servem como montra e venda de produtos, não prestando um verdadeiro serviço pós-venda.

Antes de pensar comprar um computador numa grande superfície certifique-se sobre o tipo de assistência que é prestada em caso de avaria, quantos dias demora a reparação e quem faz a assistência técnica. Se tudo isso estiver registado por escrito, melhor.

Ao contrário das lojas de grande dimensão, nas pequenas e médias lojas de informática a assistência técnica está sempre garantida. Muitas vezes até fora de horas, o que é uma vantagem para os clientes, Em especial, para quem tem uma maior dificuldade em lidar com os computadores. O nível de conhecimentos dos técnicos é maior, o que ajuda a tomar as melhores opções na compra. O preço pode até nem ser menor que em grandes cadeias comerciais, mas o preço nem sempre é tudo. A qualidade do serviço prestado e apoio dado a qualquer hora também contam.

Certifique-se no momento da compra que é entregue toda a documentação necessária para apresentar em caso de avaria. Certifique-se também que é entregue todo o software de instalação dos diferentes componentes do computador. Esse software será sempre necessário caso tenha de formatar e reinstalar todo o computador, por exemplo.

Se comprar algum software verifique se lhe é dado cd de instalação e a licença correcta e não um CD pirateado.

Como nota adicional, a Microsoft vai lançar na Europa nos primeiros meses de 2007 o novo sistema operativo Windows Vista. Este sistema operativo vai exigir muito mais dos computadores. Se pensa mudar no futuro para este sistema operativo, assegure-se que o computador que vai comprar é compatível com as novas exigências técnicas, em especial em termos de memória RAM e a placa gráfica.

E, finalmente, chegamos as impressoras.

As impressoras, ao contrário do algodão, enganam muito. Primeira sugestão: não olhe para o preço da impressora. Os preços fantásticos das impressoras apenas pretendem iludir os consumidores do que está “escondido” dentro das impressoras: os tinteiros.

As empresas que fabricam impressoras ganham dinheiro com os tinteiros e não com as impressoras.

Quando comprar uma impressora, mais importante do que saber o preço da impressora é saber o preço do tinteiro.

Na Internet existe alguma informação sobre isso. Pesquise sobre a impressora que pretende comprar, em especial sobre o número de páginas que é possível imprimir com os tinteiros. Compare com diferentes modelos e diferentes marcas.

Acredite que pode ser pouco desagradável a sua relação com uma impressora.

Inicialmente tudo corre bem, mas quando tiver de substituir os primeiros tinteiros verá que nem tudo são rosas. Em algumas marcas de impressora, por incrível que pareça, é quase mais barato comprar uma impressora nova do que substituir os tinteiros.

Como notas finais para o programa de hoje podemos dizer que nunca tenha pressa em comprar qualquer equipamento, seja um computador portátil, de secretária, ou uma impressora. O investimento que vai fazer ainda é considerável e por isso deve analisar todos os prós e contras.

Leia, informe-se, pesquise na Internet e pergunte aos amigos. Não só sobre os equipamentos e as suas características, mas sobre o local onde os compraram. Este tipo de informação pode ser valiosa e poupar-lhe grandes dores de cabeça no futuro. Como em tudo na vida, não deixe guiar-se apenas pelo preço. Muitas pessoas têm sempre dificuldades em lidar com os computadores e o seu temperamento nem sempre linear, por isso, o apoio na pós-venda deve pesar na escolha final.

E por hoje terminamos o nosso programa.

Resta-me agradecer a atenção de todos e desejar-vos um excelente ano de 2007.