C06: Marketing na internet


Com a Internet, novos serviços de marketing têm surgido e tomado uma posição de relevo na vida das empresas e dos consumidores. Aos poucos, a televisão e os meios de comunicação social tradicionais começam a perder terreno para os novos sites e portais e para os novos serviços de marketing que vão sendo criados.

O serviço de marketing mais utilizado é o envio de newsletters. O conceito é simples e apoia-se nos tradicionais folhetos ou brochuras que são distribuídos em feiras ou enviados para as caixas de correios. Com as newsletter, as empresas enviam informações sobre os seus produtos e serviços via e-mail, com base em listas de e-mails compradas a empresas especializadas ou com os e-mails registados no site da própria empresa. Utilizando este serviço, podemos saber quantas pessoas viram a newsletter ou visitaram o site da empresa através dos links na newsletter.

As vantagens deste serviço são claras: baixos custos de produção e envio, marketing mais direccionado para o público-alvo e possibilidade de saber que tipo de conteúdos foram vistos por esse mesmo público. Quando usamos este serviço importa permitir a quem recebe a newsletter poder eliminar o nome da lista de e-mails a qualquer momento, de uma forma rápida e simples.

Outro serviço popular, e de algum modo já tradicional, é a colocação de anúncios de publicidade em sites ou portais. Os custos de produção são um pouco mais elevados. Consoante o site, as possibilidades de anunciar também variam. No entanto, é normal podermos escolher as horas a que o nosso anúncio aparece, o número de vezes por dia que é visualizado e direccionar o anúncio para os conteúdos das páginas do site ou portal. Para aceder ao site da empresa basta ao visitante clicar no anúncio e será redireccionado para o site da empresa.

Um novo serviço de marketing que surgiu com as empresas nascidas com a internet foi o “Google Ad-words”. O conceito é muito simples, mas eficaz. As empresas compram o seu espaço de publicidade no motor de pesquisa “Google”, através de palavras-chave escolhidas de acordo com o seu negócio. Quando um visitante utiliza uma determinada palavra ou expressão no motor de pesquisa, aparecem no lado direito todas as empresas que estão associadas àquela palavra-chave. Se o visitante clicar no link de uma dessas empresas o site Google debita o valor que a empresa se predispôs a pagar por esse link. Para as empresas, independentemente da sua dimensão, esta é uma forma muito barata e simples de fazer publicidade, para a empresa Google são milhares de euros que entram todos os dias nos cofres.

Com o desenvolvimento e criatividade das novas empresas da Internet surgem quase todo os dias novas formas de fazer marketing ou comercializar produtos e serviços.

As propostas para serviço de marketing serão cada vez mais segmentadas, procurando que as empresas atinjam o alvo mais facilmente, ao mais baixo custo e com o máximo retorno.

Muitas empresas à escala mundial já vendem produtos e serviços em sites de leilões, por exemplo. Noutros sites, freelancers de todo o mundo vendem os seus serviços a grandes empresas, que procuram serviços de qualidade a baixos preços. A verdade é que pequenos comerciantes e empresários em nome individual conseguem ganhar uma maior projecção que seria difícil usando os meios tradicionais de marketing, já que são necessários grandes recursos financeiros e técnicos.

A Internet dia após dia vai mudando a forma de fazer negócios. As grandes empresas não conseguem chegar a todo o lado e os empresários de pequena dimensão conseguem aproveitar os nichos de mercado que não são tão bem cobertos por elas. Com um pouco de imaginação e muita entrega todos têm espaço neste novo mundo globalizado, basta não perder as oportunidades que surgem e procurar sempre novas formas de vender os produtos e serviços prestados.